Subscreva Newsletter
UNITAANGOLA
Ligações
Todas notícias
Opiniões
A crise de legitimidade VIII - Abílio Kamalata Numa
“Parabéns a Luís Inácio Lula da Silva por ser eleito o próximo presidente do Brasil após um processo eleitoral livre, justo e confiável. Espero trabalhar juntos para continuar a cooperação entre nossos países nos próximos meses e anos”, escreveu o Presidente dos USA o democrata Joe Biden em nota à imprensa.
********************
Regresso ao Socialismo ou falta de Identidade Ideológica do executivo do MPLA? - Lazarino Poulson
Ficamos perplexos quando “do nada” o Presidente da República, João Lourenço iniciou e “fez aprovar” uma revisão “cirúrgica e apressada da Constituição da República de Angola (adiante CRA) em 2021, onde, dentre outras matérias, alterou -se a previsão constitucional sobre a nacionalização e ensaiou-se o conceito de apropriação pública.
********************
O Idealismo e o Pragmatismo na Política Africana - Carlos Kandanda
A Política é feita por um conjunto de ideias, em termos de pensamentos, conceitos, valores, princípios, normas e métodos, que se traduz numa matriz ideológica ou doutrinária. Dali se engendra o «idealismo» que é uma atitude prática ou teórica segundo a qual o ideal tem primazia sobre o real. Noutras palavras, o idealismo consiste na teoria de subordinar actos e pensamentos a um ideal moral, intelectual ou estético.
********************
PGR comunica saída do cargo
O Procurador-Geral da República Hélder Fernando Pitta Gróz, comunicou advertidamente a Presidência de Angola sobre a sua passagem a jubilação (por limite de idade) de forma a dar tempo ao Presidente da República para o subsequente processo de sucessão cujo mandato termina no proximo mês de Dezembro.
********************
Entrevistas
Angola cada vez mais próxima dos EUA: “Não há almoços grátis”
Analista Eugénio Costa Almeida diz que é "cada vez mais evidente" a aproximação entre Angola e os EUA, depois de Luanda votar contra a anexação de territórios ucranianos. Mas o Governo angolano não esquece Moscovo.
********************
Analista prevê desafios importantes para a nova governadora de Cabinda, Mara Quiosa
Nas eleições de 24 de agosto, a União Nacional para a Independência Total de Angola (UNITA), o maior partido da oposição, elegeu quatro deputados naquele círculo provincial, um resultado histórico, contra apenas um deputado do Movimenta Popular de Libertação de Angola (MPLA), no poder.
********************
“No país nunca mais haverá conflitos armados e nem guerra” – assegura Kamalata Numa
O partido UNITA realizou ontém, sábado, em Luanda, uma marcha denominada “marcha da liberdade”, para repudiar os resultados definitivos divulgados pela CNE que deram vitória ao MPLA com 51%. De acordo com uma nota a que o Correio da Kianda teve acesso, a manifestação visou também, exigir a liberdade, a democracia plena, pela defesa da vida e direito humanos em Angola
********************
UNITA quer debate sobre as autarquias no arranque do ano parlamentar
Maior partido da oposição alerta que todos os que se opuserem à institucionalização das autarquias em Angola, serão "ultrapassados pelo tempo". E espera uma decisão em 2023.
********************
Facebook Youtube Twitter Contacto
Todos os direitos reservados
Secretariado da comunicacão e Marketing da UNITA
União Nacional para Indepedência Total de Angola
©  Copyright 2002-2013
Quinta-feira, 01 de Dezembro de 2022