U
N
I
T
A
GRUPO PARLAMENTAR
Deputadas (os) Historia Album foto Estatutos Musica Projecto Vídeos
Deputados acusam autoridades da Lunda Norte de negligenciar morte de crianças
Os Deputados da UNITA realizaram às 15h00 horas desta terça-feira, 05 de Dezembro de 2017, o seu primeiro encontro oficial com os homens da imprensa nacional e internacional, desde as eleições de 23 de Agosto de 2017.

No encontro, moderado pelo Líder Parlamentar, Adalberto Costa Júnior, os deputados Joaquim Nafoia, Clarice Mukunda e o Dr. Figueiredo Mateus apresentaram o resultado da constatação que efectuaram durante a sua deslocação às localidades de Kuango e Kafunfu.

O deputado Joaquina Nafoia que esteve na auscultação das autoridades na Lunda-Norte sobre a situação das mortes, confirmou a perda generalizada de crianças no Hospital Central da região e outros centros médicos.

“Fomos recebidos pelo director Municipal, que também é médico clínico, que refutou que não havia mortes. Disse-nos que de um de Setembro a 27 de Novembro, o dia que nós chegamos, o hospital apenas tinha registado a morte de oito crianças por malária. Mas, quando fomos visitar as enfermarias, principalmente na área de pediatria, e o hospital no seu todo, mesmo nas enfermarias de adultos, só havia crianças”, sustentou.

“Os outros médicos que lá estavam disseram-nos que o director estava a mentir. Aqui estão a morrer muitas crianças. Há um dos médicos que nos disse, e nós temos o registo, que de ontem mesmo para hoje morreram cinco crianças aqui no hospital, outros médicos angolanos disserem isso”, prosseguiu Nafoia.

Por seu lado, Clarisse Mukinda afirmou que o problema decorre da má gestão do governo, da corrupção e da falta de sensibilidade das autoridades para com as populações.

“O meu colega, deputado Nafoia fez uma radiografia bastante exaustiva sobre a situação social e económica da localidade de Kafunfu, que consideramos bastante grave. E, tudo isso decorre, ao meu ver, da má gestão, má governação, portanto, da corrupção e de falta de sensibilidade”, afirmou Mukinda, acrescentando que àquelas populações do Kafunfu são negados os direitos fundamentais constitucionalmente consagrados, e nestas circunstâncias o seguimento social mais afectado é a criança.

O Presidente do Grupo Parlamentar da UNITA, apelou ao governo a requalificação para a vila de Kafunfu, a alocação de meios adequados à administração municipal do Cuango, para a recolha do lixo e saneamento básico, em geral, o combate e o estancamento às ravinas, o reflorestamento do território geográfico, a reabilitação das vias.

Adalberto Costa Júnior realçou, na oportunidade, a arborização da vila, o estancamento dos desvios e devastação dos rios, a reabilitação urgente o hospital regional, bem como a fiscalização das instituições hospitalares.

Para responsável, o propósito do Grupo Parlamentar não foi mais do que fazer um alerta que permitisse uma reacção urgente, da parte das autoridades locais.

Ler mais
Todas notícias
©  Copyright 2013
Todos os direitos reservados Grupo parlamentar (UNITA)
Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017