U
N
I
T
A
GRUPO PARLAMENTAR
Deputadas (os) Historia Album foto Estatutos Musica Projecto Vídeos
O Problema de Cabinda deve ser resolvido por via do Diálogo
Disse recentemente em entrevista ao programa “Angola Fala Só”, da Voz da América, o deputado independente pelo círculo de Cabinda, o Pe. Raúl Tati, em que abordou várias questões da vida actual do país, considerou na sua exposição, ser incompreensível a acção de detecções que ocorrem na parcela mais ao norte do país, “numa altura em que se fala muito de novos paradigmas políticos em Angola, e de algum arejamento do ponto de vista do respeito pelas liberdades, pelos direitos e garantias dos cidadãos”.

“É incompreensível que, em Cabinda esteja a acontecer, exactamente o contrário. Estas detecções que ocorreram na semana passada em Cabinda, reitero aquilo que já disse há dia, é uma autêntica vergonha para Angola, mas também é uma besteira, do ponto de vista político”.

O deputado diz ter havido várias detecções de membros do Movimento Independentista de Cabinda quando tentavam realizar uma manifestação de rua para assinalar os 134 anos da assinatura do tratado de Simulambuco.

“Houve detecções mesmo, portanto, no âmbito da marcha que devia ser realizada na sexta-feira passada, dia 1 de Fevereiro. Portanto, houve detecções na segunda-feira, dia 29, no dia 30 e no dia 1. Portanto, foram vários dias que a polícia andou a fazer a recolha desses activistas para as cadeias”, denunciou.

O representante do Povo em Cabinda, pelo Grupo Parlamentar da UNITA, realçou.

“O meu parecer, acho que não será diferente daquele do Grupo Parlamentar que, normalmente tem estado reiteradamente a dizer que, o problema de Cabinda deve ser resolvido por via do diálogo e não por via desta repressão policial”.

O número de detecções de activistas subiu para 75, com a detenção do secretário para a Informação do MIC, Sebastião Macaia, tal como confirmou a Imprensa Arão Tempo, Advogado na província de Cabinda.
Ler mais
Todas notícias
©  Copyright 2013
Todos os direitos reservados Grupo parlamentar (UNITA)
Terça-feira, 19 de Fevereiro de 2019