Subscreva Newsletter
UNITAANGOLA
Discursos
Data Ocasião Autor
09/11/2018 O Contributo dos Partidos Políticos na Manutenção e Preservação da Cultura de Paz e na Defesa do Interesse Nacional
Presidente Isaias Samakuva
08/11/2018 Discurso do Presidente Isaías Samakuva ao IV Congresso da JURA
Presidente Isaias Samakuva
31/10/2018 Discurso de abertura das VII Jornadas Parlamentares da UNITA Presidente Isaias Samakuva
31/10/2018 A Posição da UNITA Sobre o Estado da Nação 2018
Presidente Isaias Samakuva
Discurso do Presidente da UNITA
por ocasião da celebração do 84.º aniversário natalício do Dr. Jonas Malheiro Savimbi
Presidente Isaias Samakuva
25/07/2018 Discurso de Encerramento do Seminário sobre Autarquias Locais
GAB PR
25/07/2018 Discurso de abertura do Seminário sobre Autarquias Locais Presidente Isaias Samakuva
27/12/2017 Discurso do Presidente Samakuva na Cerimónia de Cumprimentos de fim de Ano
Presidente da UNITA
27/12/2017 Discurso do Presidente Isaías Samakuva na Abertura da III Reunião da Comissão Política - Dez 2017

Presidente da UNITA
22/06/2016 Presidente da UNITA revela carta do Dr Jonas Savimbi reconhecendo as eleições de 1992 Presidente Samakuva
09/12/2015 Lukamba Paulo Gato promete lealdade e colaboração ao Presidente eleito Comunicação e Marketing
09/12/2015 Deputado Kamalata Numa assegura continuar ao serviço da UNITA Comunicação e Marketing
09/12/2015 Discurso de encerramento do XII Congresso da UNITA pelo Dr. Isaías Samakuva Comunicação e Marketing
09/12/2015 Discurso de abertura do XII Congresso da UNITA pelo Dr. Isaías Samakuva Comunicação e Marketing
02/07/2015 Convocatória do XII Congresso da UNITA Presidente Samakuva
28/06/2015 Discurso do Presidente Isaías Samakuva por ocasião do 43º aniversário da Liga da Mulher Angolana
Presidente Samakuva
16/05/2015 Discurso de abertura da X reunião ordinária do Comité Permanente da UNITA
Presidente Samakuva
03/12/2012 Discurso de abertura da II reunião da comissão política Isaías Samakuva
Todas notícias
Opiniões
Marcolino Moco diz que não publicação de cadernos eleitorais é fraude Eleições 2022
O ex-secretário-geral do MPLA, Marcolino Moco, afirmou hoje, 27 de Julho, que a publicação dos cadernos eleitorais não é apenas uma exigência legal.
********************
Qual o balanço da primeira semana de campanha eleitoral em Angola?
Analistas ouvidos pela DW dizem que primeiros setes dias de campanha "surpreendem pela positiva". No entanto, e como ponto negativo, salientam a troca de acusações entre líderes do MPLA e UNITA.
********************
Três erros crassos no discurso de JL no Sumbe - José Gama
Em 2002, o parlamento angolano aprovou uma lei de aministia contra os crimes militares, tantos os cometidos pelas forças da UNITA, como pelo governo, durante o conflito armado. Por conta desta lei, o Presidente João Lourenço não pode chantagear a UNITA, pedindo que este partido devolva algo em troca.
********************
Ventos da Mudança- Adalberto Costa Júnior
O Presidente da UNITA Adalberto Costa Júnior, partilhou na sua página do facebook, por via do Público, na manhã desta terça-feira, 19 de Julho de 2022, sobre “Ventos da Mudança”.
********************
Entrevistas
General defende que João Lourenço tinha que ser levado ao Tribunal
O General na reforma, Manuel Pacavira, disse recentemente em exclusivo à “Rádio Eclésia” que, em qualquer parte do mundo organizado o Presidente do MPLA tinha que ser levado ao Tribunal, pelas práticas incorretas que ele está a cometer.
********************
Jonas Savimbi é hoje uma referência incontornável na vida política e social de Angola, afirma Rafael Massanga
Por ocasião do 20.º aniversário da morte de Jonas Savimbi, morto em combate aos 22 de Fevereiro de 2002, aos 67 anos, na localidade de Lucusse, província do Moxico, o Correio da Kianda, entrevistou, esta terça-feira, 22, Rafael Massanga Sakaita Savimbi, filho do líder fundador do Galo Negro, que falou sobre memória de Jonas Savimbi como pai e político.
********************
MPLA vai aceitar se perder as eleições e garante interesse na vinda de observadores internacionais
O Secretário do Bureau Político para Informação e Propaganda do MPLA, Rui Falcão, disse nesta terça-feira, 15 de fevereiro que, o seu partido vai aceitar a decisão dos eleitores, caso venha perder as eleições de Agosto próximo.
********************
“O MPLA não tem condições para ganhar as eleições, dada a saturação popular e os erros de governação”
Lisboa - A nossa entrevistada justifica a sua afirmação, argumentando que um Estado que depende de um aparelho de Segurança vasto, com fins partidários, controlado pela Presidência (da República), e com recursos para poder “controlar” qualquer situação que ponha em risco a Segurança Nacional, não irá deixar que a população se manifeste em prol de melhores condições de vida ou por eleições livres.
********************
Facebook Youtube Twitter Contacto
Todos os direitos reservados
Secretariado da comunicacão e Marketing da UNITA
União Nacional para Indepedência Total de Angola
©  Copyright 2002-2013
Sabado, 13 de Agosto de 2022