Subscreva Newsletter
UNITAANGOLA
Discursos
Data Ocasi√£o Autor
09/11/2018 O Contributo dos Partidos Políticos na Manutenção e Preservação da Cultura de Paz e na Defesa do Interesse Nacional
Presidente Isaias Samakuva
08/11/2018 Discurso do Presidente Isaías Samakuva ao IV Congresso da JURA
Presidente Isaias Samakuva
31/10/2018 Discurso de abertura das VII Jornadas Parlamentares da UNITA Presidente Isaias Samakuva
31/10/2018 A Posição da UNITA Sobre o Estado da Nação 2018
Presidente Isaias Samakuva
Discurso do Presidente da UNITA
por ocasi√£o da celebra√ß√£o do 84.¬ļ anivers√°rio natal√≠cio do Dr. Jonas Malheiro Savimbi
Presidente Isaias Samakuva
25/07/2018 Discurso de Encerramento do Semin√°rio sobre Autarquias Locais
GAB PR
25/07/2018 Discurso de abertura do Semin√°rio sobre Autarquias Locais Presidente Isaias Samakuva
27/12/2017 Discurso do Presidente Samakuva na Cerimónia de Cumprimentos de fim de Ano
Presidente da UNITA
27/12/2017 Discurso do Presidente Isaías Samakuva na Abertura da III Reunião da Comissão Política - Dez 2017

Presidente da UNITA
22/06/2016 Presidente da UNITA revela carta do Dr Jonas Savimbi reconhecendo as elei√ß√Ķes de 1992 Presidente Samakuva
09/12/2015 Lukamba Paulo Gato promete lealdade e colaboração ao Presidente eleito Comunicação e Marketing
09/12/2015 Deputado Kamalata Numa assegura continuar ao serviço da UNITA Comunicação e Marketing
09/12/2015 Discurso de encerramento do XII Congresso da UNITA pelo Dr. Isaías Samakuva Comunicação e Marketing
09/12/2015 Discurso de abertura do XII Congresso da UNITA pelo Dr. Isaías Samakuva Comunicação e Marketing
02/07/2015 Convocatória do XII Congresso da UNITA Presidente Samakuva
28/06/2015 Discurso do Presidente Isa√≠as Samakuva por ocasi√£o do 43¬ļ anivers√°rio da Liga da Mulher Angolana
Presidente Samakuva
16/05/2015 Discurso de abertura da X reunião ordinária do Comité Permanente da UNITA
Presidente Samakuva
03/12/2012 Discurso de abertura da II reunião da comissão política Isaías Samakuva
Todas notícias
Opini√Ķes
Peritos pedem reformas e nova Constituição angolana para evitar conflitos
O centro de pesquisa sobre Angola CEDESA admite que o país corre riscos de se tornar uma "anocracia", onde a probabilidade de guerra civil cresce, se não fizer reformas profundas, começando por uma nova Constituição.
********************
‚ÄúAngolanas, Angolanos est√° na hora de darmos as m√£os‚ÄĚ, apela Influenciador
Falando recentemente sobre os √ļltimos acontecimentos no pa√≠s, a partir do seu portal do Youtube, denominado: ‚ÄúA outra teoria‚ÄĚ, o activista e influenciador digital angolano faz uma an√°lise sobre v√°rias tem√°ticas e situa√ß√Ķes vividas no pa√≠s, tendo apelado para a uni√£o de todos os angolanos para a mudan√ßa da situa√ß√£o.
********************
Que legitimidade neocolonial reclama Sergey Lavrov? - Abílio Kamalata Numa
Angola em particular e a √Āfrica em geral aguardam pacientes pela repara√ß√£o de danos coloniais e neocoloniais provocados aos seus povos. Mas, o que Angola e a √Āfrica reclamam j√° √© o respeito por sua soberania nacional que n√£o se vende e nem se compra por n√£o ter pre√ßo.
********************
‚ÄúCondeno veemente a atitude do C4 Pedro‚ÄĚ, diz o influenciador Digital
O activista e influenciador digital J Privado condenou recentemente em video na sua p√°gina da Youtube, os pronunciamentos do Cantor Angolano C4 Pedro que, no Programa Show da TV Zimbo, realizado todos os s√°bado, ocorrido a 21 de Janeiro de 2023, afirmando: ‚Äúdizem que os sulanos s√£o confusionsitas‚ÄĚ, facto que o activista considera como ‚Äúnormaliza√ß√£o do tribalismo‚ÄĚ.
********************
Entrevistas
Angola cada vez mais pr√≥xima dos EUA: ‚ÄúN√£o h√° almo√ßos gr√°tis‚ÄĚ
Analista Eugénio Costa Almeida diz que é "cada vez mais evidente" a aproximação entre Angola e os EUA, depois de Luanda votar contra a anexação de territórios ucranianos. Mas o Governo angolano não esquece Moscovo.
********************
Analista prevê desafios importantes para a nova governadora de Cabinda, Mara Quiosa
Nas elei√ß√Ķes de 24 de agosto, a Uni√£o Nacional para a Independ√™ncia Total de Angola (UNITA), o maior partido da oposi√ß√£o, elegeu quatro deputados naquele c√≠rculo provincial, um resultado hist√≥rico, contra apenas um deputado do Movimenta Popular de Liberta√ß√£o de Angola (MPLA), no poder.
********************
‚ÄúNo pa√≠s nunca mais haver√° conflitos armados e nem guerra‚ÄĚ ‚Äď assegura Kamalata Numa
O partido UNITA realizou ont√©m, s√°bado, em Luanda, uma marcha denominada ‚Äúmarcha da liberdade‚ÄĚ, para repudiar os resultados definitivos divulgados pela CNE que deram vit√≥ria ao MPLA com 51%. De acordo com uma nota a que o Correio da Kianda teve acesso, a manifesta√ß√£o visou tamb√©m, exigir a liberdade, a democracia plena, pela defesa da vida e direito humanos em Angola
********************
UNITA quer debate sobre as autarquias no arranque do ano parlamentar
Maior partido da oposição alerta que todos os que se opuserem à institucionalização das autarquias em Angola, serão "ultrapassados pelo tempo". E espera uma decisão em 2023.
********************
Facebook Youtube Twitter Contacto
Todos os direitos reservados
Secretariado da comunicac√£o e Marketing da UNITA
União Nacional para Indepedência Total de Angola
¬©  Copyright 2002-2013
Sabado, 04 de Fevereiro de 2023