Subscreva Newsletter
UNITAANGOLA
Acordos
Data Ocasião Autor
20/11/1994 Protocolo de Lusaka UNITA, MPLA
04/04/2002 Memorando de Entendimento Complementar ao Protocolo de Lusaka UNITA, MPLA
Todas notícias
Opiniões
A verdade da mentira do conselheiro – Raul Diniz
Os que acompanham ao longe e/ou de perto o articulista Ismael Mateus, percebem de imediato que sim, o jornalista ignora com invulgar desfaçatez, as realidades prementes que as constantes turbulências criadas pelo líder do seu partido têm deixado o país cheio de mazelas gravosas no tecido da nossa expressiva angolanidade, inclusive quando nas vestes de presidente da república.
********************
Jornalista notificado verbalmente pelo SIC
O veterano jornalista Ilídio Manuel recebeu, esta semana, uma chamada telefônica do Serviço de Investigação Criminal de alguém que se identificou com o nome de Edivaldo Oliveira, notificando-lhe para apresentar-se nesta sexta-feira, naquele serviço, sem que o tivessem revelado as razões da notificação verbal.
********************
General João Lourenço: Gestão do poder Vs estado democrático de direito - Hélder Caetano
Foi no dia 2 de Dezembro de 2016 que o engenheiro José Eduardo dos Santos anunciou, em reunião do Comité Central do MPLA, realizada em Luanda, a sua desistência como cabeça de lista do MPLA às eleições gerais de 23 de Agosto de 2017. Com a escolha que coube ao general João Manuel Gonçalves Lourenço para o preenchimento da vaga, era o prelúdio da virada irreversível de um longo reinado de 38 anos. Os resultados das eleições publicadas pela Comissão Nacional Eleitoral (CNE) deram vitorioso o então ministro da defesa. Mas ficaram marcados por uma contestação veemente por parte da UNITA, da Convergência Ampla de Salvação de Angola-Coligação Eleitoral (CASA-CE) e do Partido de Renovação Social (PRS), liderados pelos Drs. Isaías Ngola Samakuva, Abel Epalanga Chivukuvuku e Benedito Daniel, respectivamente. Para os três principais partidos na oposição, as eleições foram fraudulentas. Pelas redes sociais, vislumbravam-se megas manifestações, com consequências imprevisíveis para o país. No seio da população, receava-se o desenterrar do machado de guerra. A crise foi desactivada graças à mediação silenciosa de entidades internacionais e nacionais.
********************
“É necessário resistir para existir”, defende Dog Murras
De acordo com a Marimba Selutu, o músico e compositor angolano Dog Murras, afirmou esta terça-feira, 27 de Setembro de 2022, a necessidade de se apostar na resistência como mecanismo de continuidade da existência do ser.
********************
Entrevistas
Analista prevê desafios importantes para a nova governadora de Cabinda, Mara Quiosa
Nas eleições de 24 de agosto, a União Nacional para a Independência Total de Angola (UNITA), o maior partido da oposição, elegeu quatro deputados naquele círculo provincial, um resultado histórico, contra apenas um deputado do Movimenta Popular de Libertação de Angola (MPLA), no poder.
********************
“No país nunca mais haverá conflitos armados e nem guerra” – assegura Kamalata Numa
O partido UNITA realizou ontém, sábado, em Luanda, uma marcha denominada “marcha da liberdade”, para repudiar os resultados definitivos divulgados pela CNE que deram vitória ao MPLA com 51%. De acordo com uma nota a que o Correio da Kianda teve acesso, a manifestação visou também, exigir a liberdade, a democracia plena, pela defesa da vida e direito humanos em Angola
********************
UNITA quer debate sobre as autarquias no arranque do ano parlamentar
Maior partido da oposição alerta que todos os que se opuserem à institucionalização das autarquias em Angola, serão "ultrapassados pelo tempo". E espera uma decisão em 2023.
********************
General defende que João Lourenço tinha que ser levado ao Tribunal
O General na reforma, Manuel Pacavira, disse recentemente em exclusivo à “Rádio Eclésia” que, em qualquer parte do mundo organizado o Presidente do MPLA tinha que ser levado ao Tribunal, pelas práticas incorretas que ele está a cometer.
********************
Facebook Youtube Twitter Contacto
Todos os direitos reservados
Secretariado da comunicacão e Marketing da UNITA
União Nacional para Indepedência Total de Angola
©  Copyright 2002-2013
Segunda-feira, 03 de Outubro de 2022