Subscreva Newsletter
UNITAANGOLA
Acordos
Data Ocasião Autor
20/11/1994 Protocolo de Lusaka UNITA, MPLA
04/04/2002 Memorando de Entendimento Complementar ao Protocolo de Lusaka UNITA, MPLA
Todas notícias
Opiniões
Angola: Abril não é Jovem - Mfuca Muzemba
O lema corrigir o que está mal, pareceu-me vir em boa hora, sobretudo no que se refere ao 14 de Abril. Se é verdade que o MPLA tomou consciência de muita coisa que vai mal neste país e, por isso adoptou este lema na sua campanha das eleições última, também é sobremaneira oportuno e justo, que desta vez se ganhe o sentido patriótico para se corrigir uma data mal adoptada sobre a celebração do dia da juventude Angolana, portanto o 14 de Abril.
********************
A greve dos professores e a vergonha do Governo - Sebastião André
No ano passado, com constantes paralisações interpoladas assumidas pelo Sindicato Nacional dos Professores (SINPROF), foi difícil para os alunos, como se o Governo estivesse a testar a boa vontade dos professores.
********************
A Paz e a Reconciliação Nacional - Lukamba Gato
A Paz e a Reconciliação Nacional não se limitam ao simples largar de pombas brancas, bonitos slogans ou a construção de monumentos evocativos. Elas têm de ter conteúdo e um preço material, político e social que deve ser pago sob pena de voltarmos à repetir a nossa turbulenta história.
********************
Ministério Público: Vergonha processual - William Tonet
A vergonha, o despreparo e o infantilismo jurídico, infelizmente não deixam de ser uma constante quase identitária de uma república feita à medida do MPLA, nas entranhas do poder judiciário angolano. Faça chuva ou faça sol, na aurora que não é nova, mas a continuidade da anterior e que, pela aragem, parece tender a ser bem… pior.
********************
Entrevistas
"A UNITA defende a eleição directa do Presidente"
Em entrevista ao Jornal de Angola, o presidente do grupo parlamentar da UNITA, Adalberto da Costa Júnior, defende a eleição directa do Presidente da República, que hoje é eleito "à boleia das listas da Assembleia Nacional".
********************
Isaías Samakuva: “Estamos num momento de transição para uma nova era em Angola”
O país africano vive um momento histórico frente as próximas eleições, que marcarão o rumo que tomará o Governo angolano para sair da crise actual
********************
Isaías Samakuva promete governo inclusivo e participativo em Angola
O presidente do maior partido da oposição em Angola, Isaías Samakuva, está nos Estados Unidos da América para presenciar a tomada de posse do novo presidente norte-americano Donald Trump. A Rádio Angola contactou o político e em exclusivo concedeu uma entrevista onde fala sobre as eleições que se avizinham em Angola, com realce para o impedimento do exercício do direito ao voto por parte dos angolanos residentes no estrangeiro.
********************
Entrevista do Presidente Isaías Samakuva ao portal Rede Angola
E o líder da oposição vai já deixando o aviso para o MPLA, caso tentem fazer em 2017 o que, diz Samakuva, fizeram em 2012: se houver fraude eleitoral, a UNITA retaliará: “haveremos de preferir enveredar por outras vias do que permitir que, mais uma vez, uma fraude se verifique em Angola”.
********************
Facebook Youtube Twitter Contacto
Todos os direitos reservados
Secretariado da comunicacão e Marketing da UNITA
União Nacional para Indepedência Total de Angola
©  Copyright 2002-2013
Quarta-feira, 25 de Abril de 2018