UNITAANGOLA
Fonte : KUP
Equipa económica analisa programação financeira
Conselho de Ministro no Lubango JLO.jpg
Vários documentos de teor económico, entre os quais, a proposta de Programação Financeira do Tesouro para o III Trimestre do ano em curso, foram apreciados nesta sexta-feira, em sessão da Comissão Económica do Conselho de Ministros.

A reunião de carácter ordinária, que decorreu sob orientação do Titular do Poder Executivo, João Lourenço, incluiu na agenda de trabalho uma Proposta de Plano de Caixa do Tesouro referente ao mês de Julho corrente.

Segundo a not√≠cia divulgada pela ANGOP, os membros da Comiss√£o Econ√≥mica do Conselho de Ministros avaliaram um memorando sobre o estado de evolu√ß√£o dos Projectos de Investimento P√ļblico, definidos para as tr√™s prov√≠ncias do Sul do pa√≠s, nomeadamente Hu√≠la, Namibe e Cunene.

A Comiss√£o Econ√≥mica do Conselho de Ministros tem como incumb√™ncia tratar da agenda macro-econ√≥mica do Executivo e assegurar a condu√ß√£o da gest√£o macro-econ√≥mica em harmonia com os objectivos e as prioridades econ√≥micas do Programa de Governa√ß√£o do Presidente da Rep√ļblica.

A reunião teve a participação de ministros de Estado, ministros e governadores das províncias da Huíla, Cunene e Namibe.

Entretanto, governador provincial da Huila, Marcelino Tyipinge, que falava na s√©tima reuni√£o ordin√°ria da Comiss√£o Econ√≥mica do Conselho de Ministros, destacou que a principal riqueza das popula√ß√Ķes do Sul do pa√≠s consiste no gado.

O governante considerou, por isso, fundamental a disponibilização de mais dinheiro para a criação de projectos.

Para Marcelino Tyipinge, as medidas que têm sido tomadas pela comissão interministerial sobre a seca, criadas há dois anos, revelam-se insuficientes.

Em sua √≥ptica, a comiss√£o n√£o consegue fazer uma avalia√ß√£o ‚Äúcorrecta‚ÄĚ dos programas afins dos governos da regi√£o Sul, pelo que √© preciso tomarem-se medidas mais consistentes, que passam pela reabilita√ß√£o e constru√ß√£o de barragens de reten√ß√£o de √°guas pluviais.

Por outro lado, o governante informou que a falta de abastecimento regular de vacinas para o gado constitui um constrangimento para a província da Huíla.

João Lourenço efectua desde hoje, sexta-feira, uma visita de trabalho de dois dias à província da Huílá, onde orienta a reunião ordinária da Comissão Económica do Conselho de Ministros.

O encontro agrega ministros de Estado, ministros e governadores das províncias da Huíla, Cunene e Namibe.
www.unitaangola.org
C:\Mes Sites\Unitaangola29122013\UNITAANGO_WEB\coqUNITA.jpg
Opini√Ķes
 Publicidade
Obra de Isaías Samakuva
Entrevistas
Facebook Youtube Twitter Contacto
Subscreva Newsletter
Todos os direitos reservados
Secretariado da comunicac√£o e Marketing da UNITA
União Nacional para Indepedência Total de Angola
¬©  Copyright 2002-2013
Sabado, 21 de Julho de 2018