UNITAANGOLA
Fonte : KUP
Processo de alfabetização angolano é Preocupante
Alfabetizacao.jpg
Arleth Chikomo Lucas, Coordenadora Pedagógica da Associação Angolana para a Educação de Adultos, que falava este sábado, 8 de Setembro de 2018, em entrevista ao espaço “Construindo Cidadania” da Rádio Eclésia, em que abordou o tema: “A Alfabetização em Angola”, em alusão ao Dia Internacional da Alfabetização, assinalado neste dia, deu nota negativa ao programa e condições de alfabetização no nosso país.

Segundo a especialista “Nem sempre as políticas traçadas pelo nosso governo a favor da educação atingem directamente a educação de adultos¨.

¨Isto é preocupante, porque uma nação em que maioritariamente somos quase pessoas sem habilidade de leitura e escrita é uma nação em perigo. Em perigo também ficam as famílias. Porque, nós vemos que em famílias onde os pais e encarregados não têm habilidade de leitura e escrita, o rendimento escolar dessas crianças é muito deficitário”, avançou a especialista.

Arleth Chikomo mostra-se preocupada com a situação de alfabetização nacional, que considera estar muito mal.

“Nos preocupa bastante olhar que a situação de alfabetização não é exactamente aquilo que o senso mostra em termos de densidade populacional angolana, aquilo que o ministério publicou, por exemplo, no relatório, a dizer que temos 71% de pessoas alfabetizada. Não é verdade, porque não quero lhe dizer que é uma mentira, mas eu como sou técnica, a afirmação “terra-a-terra” digamos que estamos muito mal”.

A docente justificou.

“Porque, áreas há, principalmente no meio periurbano e rural em que não há escolas. Como é que consideramos aquela população? É uma população que, entre as crianças que nascem que, chegam a idade escolar estão sem escola, adultos que quiseram ir para a alfabetização fizeram retorno, isso tudo faz com que a estatística não seja real”, prosseguiu.

A alfabetizadora Juliana Solumbe, considera não ser fácil trabalhar com os alfabetizandos adultos.
“Queria dizer que não é nada fácil. Eles já detêm aquela toda maturidade, aquela paciência de aprender, porque já são adultos. Mas, é muito bom, porque muitos têm, aquela facilidade”.

www.unitaangola.org
C:\Mes Sites\Unitaangola29122013\UNITAANGO_WEB\coqUNITA.jpg
Opiniões
 Publicidade
Obra de Isaías Samakuva
Entrevistas
Facebook Youtube Twitter Contacto
Subscreva Newsletter
Todos os direitos reservados
Secretariado da comunicacão e Marketing da UNITA
União Nacional para Indepedência Total de Angola
©  Copyright 2002-2013
Terça-feira, 16 de Outubro de 2018