UNITAANGOLA
Fonte : KUP
No Uíge 16 mortos por HIV/Sida
HIV-SIDA (2).jpg
Dezasseis pessoas morreram vítimas de HIV/Sida no período de Janeiro a Abril do ano em curso, na província do Uíge, dos 371 novos casos da doença registados.

Segundo a Angop,o supervisor provincial do Programa de Combate ao HIV/Sida, Benjamim Mazinga, disse ter sido testadas no mesmo período, 37 mil 494 pessoas, sendo dez mil 163 adultos do sexo feminino, 8.223 mulheres grávidas, 1.899 crianças e restantes do sexo masculino.

Anunciou que 315 das vítimas estão a fazer o tratamento com antirretrovirais para atenuar o impacto das consequências da patologia no organismo.

Em comparação ao período anterior, disse o responsável, houve uma redução de três óbitos, visto que na altura se registaram 19 pessoas vítimas mortais da doença, nos primeiros quatro meses de 2018.

No referido período de 2018, foram testadas 26 mil e 53 pessoas, que resultaram em 450 caos positivos, dos quais 231 submetidos em tratamento com antirretrovirais.

Benjamim Mazinga esclareceu que foram distribuídos, nos primeiros quatro meses de 2019, no quadro do programa de combate a pandemia, 19. 562 preservativos, com vista a ajudar a prevenir o surgimento novas infecções, sobretudo na camada jovem.

Os municípios do Uíge, sede capital da província, Negage e Sanza-Pombo são apontados como os que maior número de casos da doença registam na região.
www.unitaangola.org
C:\Mes Sites\Unitaangola29122013\UNITAANGO_WEB\coqUNITA.jpg
Opiniões
 Publicidade
Obra de Isaías Samakuva
Entrevistas
Facebook Youtube Twitter Contacto
Subscreva Newsletter
Todos os direitos reservados
Secretariado da comunicacão e Marketing da UNITA
União Nacional para Indepedência Total de Angola
©  Copyright 2002-2013
Terça-feira, 20 de Agosto de 2019