UNITAANGOLA
Fonte : KUP
LIMA surpreende Presidente Isaías Samakuva
LIMA entrega prenda ao Presidente do Partido Isaias Samakuva.jpg
A direcção da Liga da Mulher Angola – LIMA efectuou esta terça-feira, 16 de Julho de 2019, uma visita surpresa ao Presidente da UNITA, Isaías Samakuva, para cantar-lhe parabéns pelo seu 73º aniversário natalício, assinalado a 8 de Julho corrente.

Na presença do Secretário-geral, de alguns membros do Comité Permanente, de quadros da presidência e do Comité nacional da LIMA, a Presidente Helena Mbonguela Abel procedeu a entrega a Isaías Samakuva da prenda alusiva ao 47º aniversário da fundação da Liga da Mulher Angolana que se celebrou a 18 de Junho, sem a presença do mais alto dirigente do Partido e das Resoluções da Reunião do Comité Nacional.

Falando em nome dos membros do Partido, presentes e ausentes naquela singela mas significativa cerimónia, o secretário-geral da UNITA Franco Marcolino Nhany desejou saúde, felicidades e longa vida ao Dr. Isaías Samakuva e agradeceu o seu empenho na condução da organização.

“Essa UNITA que temos hoje, que se afirma cada vez mais como alternativa, é uma UNITA que soubestes agigantar naquela situação de desespero e de orfandade em que ficamos, a 22 de Fevereiro de 2002” declarou Franco Marcolino Nhany.

Em resposta, o Presidente da UNITA agradeceu o gesto solidário da LIMA e de todos quantos marcaram presença no seu gabinete.

“Devo dizer que este gesto cala de forma profunda no meu coração. Gostaria de exprimir do fundo do meu coração a minha gratidão pelo gesto da LIMA”, afirmou Isaías Samakuva.

O líder da UNITA afirmou reconhecer a força que representam as mulheres africanas em geral e angolanas em particular, tendo destacado o importante papel que as mulheres enquadradas na LIMA podem desempenhar, nas presentes circunstâncias do país.

Olhando para o que chamou de diferenças existentes entre as mulheres africanas e as de outras latitudes, Isaías Samakuva defendeu a necessidade do realinhamento do debate sobre questões do género no Partido.

“Eu tenho muita esperança nas mulheres de Angola”, afirmou Isaías Samakuva, que entretanto, chamou atenção das gerações jovens de mulheres para seguirem o exemplo das mais velhas quanto às questões do país.

“A geração delas [mulheres jovens] parece não estar tão engajada como as gerações mais velhas”, sugeriu Isaías Samakuva, tendo convidado as mais velhas a transmitirem responsabilidade às mais novas.

Partilhar isto:

www.unitaangola.org
C:\Mes Sites\Unitaangola29122013\UNITAANGO_WEB\coqUNITA.jpg
Opiniões
 Publicidade
Obra de Isaías Samakuva
Entrevistas
Facebook Youtube Twitter Contacto
Subscreva Newsletter
Todos os direitos reservados
Secretariado da comunicacão e Marketing da UNITA
União Nacional para Indepedência Total de Angola
©  Copyright 2002-2013
Quinta-feira, 18 de Julho de 2019