UNITAANGOLA
Fonte : KUP
Jornalista denuncia ameaças do MPLA
Jornalista-da-Rádio-Ecclésia-perseguido.jpg
O jornalista da Radio Eclésia, na província do Kuanza Norte, António Domingos, queixa-se de perseguição e ameaças de morte depois de ter publicado uma reportagem a dar conta de que o MPLA está a transportar pessoas em camiões com uniforme da organização feminina do partido no poder, OMA, para comícios daquela força política, divulgou a VOA na sua edição desta segunda-feira, 9.

Domingos disse à VOA que, desde que se tornou correspondente da Radio Eclésia na província, ainda durante o Governo anterior, tem sido vítima de perseguições e ameaças, mas que a situação piorou depois de ter publicado a notícia no sábado, 7.

“Quando fiz a publicação de um camião basculante transportando senhoras da OMA comecei a receber ameaças de elementos do partido, telefonemas anónimos, por fim uma viatura Land Cruiser, com dois elementos da JMPLA fotografaram-me”, conta Domingos, acrescentado ter ido “fazer participação na polícia, mas o piquete do SIC (Serviço de Investigação Criminal) não aceitou receber e registar a nossa queixa”.

Suzana Mendes, do Sindicato dos Jornalistas Angolanos, disse que a organização fez o alerta e contactou o Governo “no sentido de se garantir protecção ao colega, mas no contacto preliminar com as autoridades locais não confirmaram o sucedido”.
www.unitaangola.org
C:\Mes Sites\Unitaangola29122013\UNITAANGO_WEB\coqUNITA.jpg
Opiniões
 Publicidade
Obra de Isaías Samakuva
Entrevistas
Facebook Youtube Twitter Contacto
Subscreva Newsletter
Todos os direitos reservados
Secretariado da comunicacão e Marketing da UNITA
União Nacional para Indepedência Total de Angola
©  Copyright 2002-2013
Domingo, 23 de Fevereiro de 2020