UNITA - ANGOLA
Fonte :
Correio da Kianda
Polícias prometem boicotar concurso público anunciado para Fevereiro
Policia-angola.jpg
Cerca de 78 funcionários civis do Comando Provincial do Cuanza Sul da Polícia Nacional, anunciam que farão uma vigília, no próximo dia 28 de Fevereiro deste ano, no dia em que as forças do Ministério do Interior completam mais um ano desde a fundação, fazendo protestos e pedindo melhores condições de trabalho e aumento dos salários.

Segundo a informação a qual o Correio da Kianda teve acesso, um dos funcionários da Polícia Nacional, disse que os lesados são enfermeiros, técnicos administrativos, jornalistas, pedreiros, pintores, ladrilhadores, electricistas e auxiliares de limpeza, e o protesto tem como objectivo consciencializar a população da actual situação que os civis da Polícia passam.

“Mais de 70 funcionários civis efectivos da polícia do Cuanza Sul, com 10 a 23 anos de trabalho, nunca foram inscritos no INSS, mas são descontados para o efeito, nunca se beneficiaram de actualização das categorias, a formação académica é ignorada, sofremos”, disse.

“Se a Polícia não resolver esta questão, nós vamos travar o processo de inscrição de novos candidatos, marcado para Fevereiro e Março”, disse outro funcionário.

Já outro efectivo civil da polícia no Cuanza Sul, afirma que entraram com categoria de Escriturário Dactilógrafo, “há mais 10 e 20 anos, até hoje continuamos Escriturário. Outros, como operário não qualificados, também até hoje, estão na mesma”, disse e acrescentou que “na polícia, sem padrinho ninguém vai a lado nenhum”, avançou.

O protesto será dentro do Comando Provincial do Cuanza Sul. Os funcionários pretendem seguir em passeata até a Assembleia Nacional para pedir a interdição. Segundo um dos responsáveis, há cerca de mais de quatro anos foi prometido rever o caso deles.
www.unitaangola.org
C:\Mes Sites\Unitaangola29122013\UNITAANGO_WEB\coqUNITA.jpg
 Publicidade
Obra de Isaías Samakuva
Ex-Presidente da UNITA (2003-2019)
Todos os direitos reservados
Secretariado da comunicacão e Marketing da UNITA
União Nacional para Indepedência Total de Angola
©  Copyright 2002-2020
Terça-feira, 19 de Janeiro de 2021