UNITA - ANGOLA
Fonte :
UNITA
IDC aprova resolução sobre Angola
Adalberto da Costa Júnior Presidente da UNITA.jpg
O Presidente da UNITA, Adalberto Costa Júnior participou da reunião internacional do Comité Executivo da IDC – Internacional Democrática do Centro, que teve lugar recentemente, via Zoom.

De acordo com uma nota do gabinete de imprensa do líder da UNITA, a reunião foi orientada pelo Presidente da Organização, o colombiano Andrés Pastrana Arango, debruçou-se sobre aspectos relativos aos Partidos e Países membros, e no final aprovou uma Resolução sobre a situação prevalecente em Angola da qual se faz saber que o IDC:

– Convida o Governo angolano a acelerar a conclusão do processo de preparação das eleições locais com o objectivo de assegurar a sua realização em 2021;

– Recorda às autoridades angolanas a importância e a necessidade de uma luta eficaz contra a corrupção, evitando a actual tendência selectiva em que alguns dos indivíduos mais corruptos são protegidos;

– Exorta o governo angolano a deixar de utilizar a pandemia COVID-19 como instrumento político e a fazer investimentos no sector da saúde, adoptando

medidas económicas para proteger as pessoas vulneráveis, e condenando o uso da força pela polícia contra a população civil;

– Recomenda aos governos africanos que se empenhem em discussões com os seus parceiros internacionais para assegurar que o programa de vacinação COVID19 para África seja compatível com as realidades do continente;

– Recomenda que todas as instituições políticas angolanas assegurem que todo o processo de preparação para as eleições gerais de 2022 seja realizado com o devido respeito pelos princípios democráticos;

– Apela à solidariedade política dos mesmos membros da família política internacional para assegurar a sua presença como observadores eleitorais internacionais.

A nota de imprensa distribuída à aos órgãos de comunicação social acrescenta que a IDC segue com especial atenção a situação actual na Região de Cafunfo na Província da Lunda Norte, em Angola, onde pessoas foram mortas pela polícia em clara violação dos direitos humanos.

Assegura que a IDC apoiará sempre o processo democrático em Angola e acompanhará de perto as eleições gerais de 2022.

De salientar que a UNITA membro de pleno direito da Internacional Democrática do Centro, ocupando uma das Vice-presidências, fez-se representar nesta reunião de cúpula pelo seu Presidente Adalberto Costa Júnior, pela Vice-presidente Arlete Chimbinda e pelo Secretário das Relações Internacionais, Rafael Massanga Savimbi.

A Internacional Democrática do Centro foi fundada em 1961, integra cerca de 100 partidos de todos os continentes, tendo um número considerável destes a liderarem governos de importantes países.

www.unitaangola.org
C:\Mes Sites\Unitaangola29122013\UNITAANGO_WEB\coqUNITA.jpg
 Publicidade
Obra de Isaías Samakuva
Ex-Presidente da UNITA (2003-2019)
Todos os direitos reservados
Secretariado da comunicacão e Marketing da UNITA
União Nacional para Indepedência Total de Angola
©  Copyright 2002-2020
Sabado, 27 de Fevereiro de 2021